domingo, 12 de agosto de 2012

VISUAIS - O HOLANDÊS KO ARTS - 2 DE ABRIL DE - 2002


JORNAL A TARDE SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 02 DE ABRIL DE 2002

                                            O HOLANDÊS KO ARTS



Under the Rainbow é o título da mostra de pinturas do holandês Ko Arts, que vai expor a partir do próximo  dia 5, na Galeria Acbeu. Aos 41 anos, formado pela Rijksakademie de Amsterdã, Ko Aarts já mostrou seus trabalhos na Holanda, Itália, Alemanha, Eslovênia e Rússia. Desde o final do ano passado ele está em Salvador pintando, e , agora, realiza a primeira exposição no Brasil. Duas séries serão apresentadas, nas quais, além do objeto representado -aviões em pleno vôo e retratos de cães de rua coloridos que transitam numa cidade impessoal e melancólica -, o artista nos coloca sutilmente numa questão qual o alcance da imagem? Ela é também uma representação?
Ele mostra os objetos de sua pintura de forma não natural dentro de uma visão colorida e irreal.cachorros com as cores do arco íris e aviões com expressões e sentimentos nos indicam que a intenção, justamente, não é a sua representação fiel. O que busca é levar o espectador a pensar em fantasias por trás daquilo que imediatamente percebemos.  “Tudo que vemos é acrescentado ao nosso mundo particular como uma experiência pessoal”.
                                      
                                         
                                                      AMANHECER DE SILVIA

A mostra Amanhecer trás algumas obras da artista Silvia Lombardi que fica aberta até o próximo dia 20 no shopping Caboatã. São trabalhos abstratos em que sobressaem as cores fortes e sugestões de formas. Engenheira de alimentos e paulista de nascimento, ela pinta desde 1999. As obras que expõe foram criadas no ano passado e, segunda ela, o objetivo é proporcionar prazer, beleza e muito sentido no espectador”.

Reprodução de obra abstrata de, que sugere formas de mulher e peixes.

                                    LIVRO DE GERALDO EDSON DE ANDRADE

“ Te Vejo Afogada no Potengi” , é o título do novo livro do escritor e crítico de arte Geraldo Edson de Andrade. Editado pela Nig Editora e Publicidade a obra reúne sete contos inéditos e uma comédia teatral – Maldito Coqueiro! – que oferece igualmente divertidos, irônicos e patéticos personagens para que o autor fale e desenvolva seu microcosmo particular no teatro, com a mesma desenvoltura do conto “ou vice-versa”, no dizer da jornalista Maria Helena Dutra que prefacia o livro. Sétimo livro de ficção editado por Geraldo Edson de Andre “Te Vejo Afogada no Potengi”  com capa e ilustrações do artista plástico Lobianco, dá sequência a sua preferência pela história curta , iniciada com a publicação  de “ Dona de Pensão”, em 1976. Nascido em Natal e radicado no Rio de Janeiro, onde desenvolve atividades como professor universitário e crítico de arte – é Presidente de Honra da Associação Brasileira de Críticos de Arte – prossegue na sua saga de captar através da ficção tipos e situações de sua cidade.
 
                                           LEONARDO ALENCAR

O sergipano-baiano Leonardo Alencar não para de trabalhar. Sua mostra Visões Cromáticas vai até amanhã no Teimondem  , na praia de Atalaia, na cidade de Aracaju. Leonardo é um desses artistas nato, que , de posse  de um lápis ou pincel define um objeto e em poucos e leves traços. Um pintor apaixonado pelo que faz , que tem uma trajetória enorme de realizações de exposições.
Reprodução da capa do catálogo da mostra de Leonardo Alencar, domínio de composição.