terça-feira, 21 de agosto de 2012

PAISAGENS BRASILEIRAS - 24 DE OUTUBRO DE- 2000

JORNAL A TARDE SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 24 DE OUTUBRO DE 2000

               PAISAGENS BRASILEIRAS DE RENATA VASCONCELOS


A artista Renata Vasconcelos Simões está expondo telas que retratam algumas paisagens brasileiras, no Museu Náutico da Bahia, no Farol da Barra. Sua arte é diferenciada, por que ela apresenta paisagens que fluem de movimentos harmônicos, como se o pincel fosse uma batuta de maestro. Com traços pequenos e curvos, Renata constrói os volumes, resultando em obras prazerosas de se observar. São 25 trabalhos em grandes dimensões que a jovem artista apresenta. Ela é paulista e pinta desde os 16 anos, sempre enfocando as nossas paisagens, ressaindo a flora e a fauna, que permitem criações muito especiais. O elemento humano quase que entra como um complemento dentro da paisagem, como na foto da tela do ciclista que está envolvido pela folhagem das plantas. Reprodução da obra O Ciclista que quase desaparece na trilha da floresta.
Esta preocupação com a flora está presente em sua produção. Renata Vasconcelos nunca freqüentou uma academia e trabalha mais por intuição e, pela forma como consegue se expressar, certamente, tem um futuro promissor.

          PRIMEIROS PASSOS DE MARCELO SALVATORI

Marcelo Salvatori, está apenas dando seus primeiros passos como artista plástico, mas já tem a certeza de que este é o caminho que pretende trilhar. Ele participou, com dois trabalhos, acrílico sobre tela, de uma exposição coletiva, organizada pela professora e artista plástica Bete Souza, em abril último, no Museu de Arte Sacra. Ele conta que o gosto pela pintura vem desde a infância, quando desenhava todas as figuras que lhes agradavam. Era sempre estimulado a prosseguir, pelos bons resultados que alcançava. Marcelo revela que tem predileção por trabalhar com texturas e cores frias, salientando que pretende também explorar mais a área de desenho, para aperfeiçoar a técnica. Atualmente, dedica-se a preparar trabalhos para uma exposição na Galeria Espaço do Artista, do pintor Jenner Augusto. Para o próximo ano, ele pretende se inscrever para participar de salões regionais e de mostras coletivas.
O estreante Marcelo Salvatori ao lado de um dos seus últimos trabalhos.

                                                 BENÉ DI RIBEIRO

O artista plástico Bené di Ribeiro, conhecido por sua participação freqüente em diversos salões regionais, nos quais já foi premiado seis vezes, prepara uma exposição individual para a Galeria Prova do Artista. Vai mostrar ao público de Salvador trabalhos em técnicas diversas, com o uso de cores fortes e quentes, numa linha que ele define como expressionismo abstrato. Premiado em vários salões e com trabalhos em exibição no exterior, Bené, que vive em Morro de São Paulo há 16 anos, conta que já fez um pouco de tudo na vida. Foi pedreiro, pintor, serralheiro, eletricista, passou cinco anos na Marinha.