sábado, 18 de agosto de 2012

VISUAIS - OS RECANTOS HISTÓRICOS DE IVO NETO - 19 DE SETEMBRO DE - 2000


JORNAL A TARDE SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2000.

                                 OS RECANTOS HISTÓRICOS


O artista plástico Ivo Neto abre sua próxima exposição no dia 28 próximo, no Museu da Cidade, com um total de 20 obras, a maioria trabalhos recentes e alguns inéditos, na técnica em óleo sobre tela. A pintura dele destina-se a representar lugares existentes, com o objetivo de mostrar os belos ângulos da Bahia que estão relacionados com a nossa história nos 500 Anos de Brasil.
Os temas são variados de paisagens, casario, figuras e interiores de igrejas.
O artista é um apaixonado pelas belezas locais, registra o que vê ou guarda na memória, procura detalhes com pinceladas impressionistas, dentro de um passeio pictórico ao selecionar as imagens marcantes de Salvador, Santo Amaro, Cachoeira e as ilhas de Tinharé e Itaparica.
Neto herdou o talento do pai Ivan Lopes, associado à sua formação como artista plástico e restaurador de obras de arte. Na sua obra, o presente se manifesta como memória viva do passado, fixando-se como um registro para o futuro. Seus trabalhos tendem ao academicismo, com o lirismo do traço espontâneo do pintor de cavalete.
Na foto Ivo Neto restaurando o teto de uma das igrejas centenárias da Velha Bahia.

                               A ESPANHA PERTO DE VOCÊ !

Uma exposição de telas e esculturas – Tauromaquia (tourada) -, na qual conceituados artistas baianos desenvolveram o melhor de suas técnicas. A mostra é uma homenagem especial aos artistas Carlos Franco, Fermin (El Português) e Gregório Otero. O evento conta com o apoio do Caballeros de Santiago. As touradas estão intimamente ligadas à cultura espanhola.
Aqui, vamos a um estádio de futebol, lá, eles vão torcer pelo toureiro e, muitos, até pelo touro. É uma festa, embora nos dias de hoje esta manifestação cultural venha sofrendo algumas críticas, especialmente dos ambientalistas, que consideram uma forma sangrenta de diversão. A morte do touro é na opinião deles um ato de selvageria. Não vamos aqui opinar sobre quem está ou não com a razão, mas apenas registrar que esta manifestação espanhola (também existe em Portugal,com outras variações). Artistas convidados: Bel Borba, Carmem Carvalho, Catarina Argolo, Clara Barros, Elizabete Actis, Graça Ramos, Gregório Otelo, Gilson Cardoso, Guel Bittencourt, Ieda Oliveira, Jorge Nóvoa, Lindalva Lopes, Marcos Menezes, Maristela Menezes, Margarita Lamego, Maria Del Pilar, Milena Sá, Nanci Novaes, Nelson Magalhães, Núbia Espinheira, Paulo Cavalcante, Sérgio Rabinovitz, Silveino Jú, Suzart, Terezinha Dumêt e Williams Martins.

                            PERFORMANCE ARTÍSTICA

Uma performance artística coletiva reunindo artistas plásticos baianos de diferentes gerações, estilos, e técnicas marcará, neste mês, o início da primavera no Centro Histórico de Salvador. A performance está acontecendo no Liceu de Artes e Ofícios da Bahia, esta semana, e resultará numa grande instalação de arte ambiental, que ficará em exposição permanente para que o público visitante do Centro Histórico possa conhecer essa panorâmica das artes visuais contemporâneas na Bahia. O evento se insere na programação Primavera na Bahia, uma iniciativa do Pelourinho Dia e Noite. A performance Primavera com Arte – Liceu 2000, que tem a colaboração de Maria Adair e Justino Marinho, terá a duração de cinco dias. Desde ontem, e até amanhã, os artistas estão criando os painéis (cada um medindo um metro quadrado). Na quinta-feira próxima, ocorrerá a montagem. Na sexta-feira, o painel será inaugurado. Obra de Williams Martins.