sexta-feira, 10 de agosto de 2012

VISUAIS - COLETIVA NA ACBEU - 14 DE MAIO DE 2002

JORNAL A TARDE SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 14 DE MAIODE 2002

                 ZULEIKA MENDONÇA EM  COLETIVA

A partir desta sexta-feira, quatro pintores de estilos diferentes estarão expondo na Galeria Acbeu. Antonino, natural de Pernambuco, é autodidata e expõe desde 1977. Seus trabalhos abordam um universo fantástico e lúdico, no qual, figuras hipercoloridas representam o inconsciente do artista.
Foto ao lado obra de Zuleika Mendonça,forte espontaneidade.
Já Sinval com 43 anos de carreira artística, já expôs em vários estados brasileiros e em outros países. Nascido em Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, começou a pintar em 1953, em São Paulo e tem obras espalhadas em várias coleções.Yuri Ferraz apresenta um políptico.É o mais jovem dos expositores e utiliza uma linguagem contemporânea, com forte influência pop. “A intenção do meu trabalho é resgatar, através de símbolos e signos, imagens, sensações, emoções que estão retidas no inconsciente profundo do interlocutor”, diz o artista a respeito de sua obra. Finalmente, Zuleica Mendonça apresenta o mais recente trabalho artístico: pinturas abstratas que têm na cor seu elemento vital e com forte conteúdo psicológico.

                                 CRISTINA SALGADO

A Galeria Anna Maria Niemeyer, no Rio de Janeiro, estará apresentando, a partir de hoje, até o dia 06 de junho, a exposição Cristina Salgado  - Instantâneos. A mostra reúne 12 objetos de pequeno e médio formatos, em técnica mista (isopor, resina, massa acrílica, ferro e tinta- e ainda sapatos, meias e unhas postiças). O vocabulário essencial - a cor rósea, as massas orgânicas e as referências explícitas ao corpo humano e a elementos de gênero e sexualidade - permanece da série anterior (Nuas), mostrada em 1999, no Paço Imperial e na Galeria Anna Maria Niemeyer.
Premiada, nesse mesmo ano, com a Bolsa Rioarte (desenvolvimento de trabalho na área de escultura), Cristina conseguiu, com este apoio, produzir, nos últimos dois anos, um conjunto de objetos em que novas abordagens formais são propostas, como as grandes e rombudas formas abstratas em suspensão, que foram mostradas recentemente na Galeria Cândido Portinari / UERJ.

                     ZÉ MARIA EM PORTUGAL

O artista plástico Zé Maria (não confundir com ZéMaria de Mattos, que está expondo na NR Galeria de Arte, tampouco com o já falecido Zé Maria de Souza - atenção, o Maria, ele assinava assim, com m minúsculo -, um artista que deixou uma obra de qualidade reconhecida) tem 49 anos, é natural de Frecheirinha, a 63 quilômetros de Sobral, norte do Ceará, mas radicado em Salvador há 21 anos. Ele fará exposição em Oeiras, na Grande Lisboa, a 15 quilômetros da capital, entre os dias 21 e 25 deste mês, sobre o tema Cores e Sabores da Bahia. Serão expostos 190 trabalhos, em técnica acrílica sobre tela, na Clínica dos Poetas, localizada na Rua Gazeta de Oeiras - Portugal. O artista é um pintor primitivo (naif) de boa qualidade. Foto da obra de Zé Maria, o naif.