domingo, 12 de agosto de 2012

VISUAIS - ARTE NO PEITO - 26 DE FEVEREIRO DE - 2002


JORNAL A TARDE SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2002

                                                ARTE NO PEITO

 Vinte e sete artistas estão reunidos numa exposição chamada Arte no Peito, patrocinada pela Telebahia Celular, com o objetivo de levar a arte para o grande público. As obras de arte estarão estampadas em camisetas que poderão ser adquiridas na Galeria Mundo Arte & Eventos, na Rua Gregório de Mattos, 39, subsolo, com acesso também pela Praça das Artes, no Pelourinho. Os originais estarão expostos na galeria, e foram confeccionadas apenas 50 camisetas, correspondendo a cada obra de arte.
A exposição será aberta no próximo dia 1º, às 19 horas. Serão expostos trabalhos de Alfredo Gama, Antonello L’abbate, Bel Borba, Calazans Neto, Carlos Bastos, César Romero, Chico Manzzoni, Edgard Oliva, Edsoleda Santos, Floriano Teixeira, Florival Oliveira, Gaio, Goya Lopes, Guache Marques, Isa Moniz, J. Cunha, Jamison Pedra, Juarez Paraíso, Juraci Dórea, Justino Marinho, Márcia Magno, Marepe, Mário Cravo, Sérgio Rabinovitz, Suzart, Trípole Gaudenzi e Zau Pimentel.

                                      INTENSIDADE DE DÉBORA FONTTES

A baiana Débora Fonttes abre, na próxima sexta-feira, às 18 horas, no foyer do Teatro do Irdeb, a exposição Intensidade, apresentando 15 quadros em óleo sobre telas que vão do abstrato à figuração. Na abertura, Débora lança também o jogo lúdico interativo Kuber (transformar-se, em tupi-guarani), que ajuda crianças a redescobrir a Matemática, estimulando, ao mesmo tempo, o processo de autotransformação. Durante a mostra, que prossegue até 7 de março, índios Kariri Xocó e Fulni-ô estarão expondo trabalhos artesanais e livros sobre suas tribos. Natural de Lauro de Freitas, onde dirige a Escola Estadual  de Portão ( para a qual a renda das vendas da exposição são destinadas), Débora Fonttes já realizou exposições em bienais e individuais, tanto no Brasil quanto em outros países. O artista plástico Calasans Neto a considera uma criadora dinâmica,, que trafega no universo da pintura e da educação, desenvolvendo uma arte pura e cheia de inventivas. “não existem meios tons para Débora, a cor para ela tem uma função básica, quase orgânica e visceral. As cores não se prendem, elas explodem, passam dos limites da tela e vão além do que Débora imagina”, diz ele.

                              PINTE NA PORTEIRA

Os artistas baianos podem começar a criar. É que estão abertas as inscrições para o projeto Pinte na Porteira.A iniciativa é do restaurante A Porteira, que escolherá um artista para executar um grande mural, para decorar uma parede na área externa do restaurante. As inscrições estão abertas até o dia 6 de março, na Rua Almirante Barroso, 64 A, no Rio Vermelho. As fichas de inscrição estão disponíveis nas filiais do restaurante, na Boca do Rio e no Dique do Tororó. Para participar do concurso, o concorrente deve apresentar um projeto do mural com a descrição da técnica e da obra. Por se tratar de um restaurante especializado em cozinha nordestina, o tema deve estar relacionado à cultura do Nordeste. Os jurados vão escolher quatro projetos e eleger um para executar o mural. Três dos vencedores receberão R$ 500,00 como prêmio de aquisição do seu protótipo. O vencedor receberá R$ 500,00 também como Prêmio de Aquisição do seu protótipo, R$1.000,00 para a compra do material para execução do trabalho e R$2.500,00 como prêmio.