segunda-feira, 15 de julho de 2013

OS TAPETES DE PEDRO AMORIM

JORNAL A TARDE,SALVADOR,  SÁBADO, 23 DE NOVEMBRO DE 1974

O artista Pedro Amorim

 Uma organização bancária paulista encomendou 50 tapetes a Pedro Amorim há cerca de dois meses. O artista passou a trabalhar sem parar. Inicialmente escolheu a temática: Orixás, Bandeirantes e Vilas. Daí partiu para o desenho conseguindo reunir as vestes, as armas e adornos de Orixás e Bandeirantes e de quando em vez desenhava um vitral. Assim Pedro Amorim conseguiu reunir cinqüenta trabalhos de alta qualidade. Seus filhos, sua velha mãe e algumas funcionárias ajudavam o artista na confecção dos tapetes.
São tapetes que apresentam uma bela composição cromática.
Destaco dois deles de grande beleza. O primeiro onde o artista conseguiu traduzir a imagem de uma noite na floresta que no início da colonização desbravada pelos valorosos bandeirantes em busca de pedras preciosas.O outro como não podia deixar de ser, tem sua temática baseada na noite, quando os bandeirantes assustavam-se com qualquer movimento na floresta.
Além do artista, do tapeceiro, os trabalhos de Pedro Amorim revelam boa qualidade do grande artesão. O acabamento aliado a uma composição perfeita agrada a todos. Com apenas dois anos de incursão pela tapeçaria Pedro Amorim vem se firmando depressa e com uma preocupação em realizar um trabalho eminentemente criativo e espontâneo procurando fugir da repetição. O que não posso deixar de acrescentar é que seus trabalhos diferem dos demais realizados por outros tapeceiros baianos.

SOLANGE GUSMÃO

O Instituto Cultural Brasil- Alemanha está apresentando  uma exposição dos trabalhos  da artista Solange Gusmão Cunha, um dos nomes presentes nos movimentos de vanguarda na Bahia. Formada em Artes Plásticas pela Escola de Belas Artes,da Universidade Federal da Bahia e tendo participado do concurso para decoração dos institutos de Matemática e Geografia da UFBA, obtendo o prêmio na categoria de pintura, Solange vem se afirmando como um profissional de nível.
Já participou de algumas exposições coletivas e individuais e ganhou o 1º prêmio de pintura do I Salão dos Novos Artistas do Nordeste, que foi realizado no Teatro Castro Alves.
Agora Solange mostra alguns de seus trabalhos que marcam a presença da artista como uma perfeita equilibrista de cores e espaços.

QUARESMA

Na Galeria de Arte de Feira de Santana o artista Quaresma está apresentando alguns de seus trabalhos. É um dos novos artistas feirenses que se destaca principalmente pela beleza de seus quadros equilíbrio e perspectiva. Autodidata, Quaresma pinta sem parar e mesmo sem fazer um espaço inicial. Suas figuras distorcidas e caricaturais demonstram uma intensa força interior e uma importante visão dos problemas humanos e sociais de nossa época e do futuro.

ITAMAR ESPINHEIRA EM SÃO PAULO


O mestre Itamar Espinheira seguiu para São Paulo a fim de expor 53 trabalhos na Galeria Domus, na Rua Padre João Manoel, 861, uma das mais famosas galerias da Capital paulista. A temática: casarios, Alagados e marinhas. sei que Itamar é um pintor amadurecido já caminha para o expressionismo com seus trabalhos feitos com a utilização de espátulas. Disse Itamar que a temática é apenas pretexto os seus trabalhos atuais variam muito e agora são diferentes, podendo dizer,  fugindo para o expressionismo. As marinhas, casarios e Alagados, que fazdiferem em muito, mesmo quando uriliza a mesma temática.