sexta-feira, 12 de julho de 2013

GALERIA CRIADA PARA AJUDAR NOVATOS

JORNAL A TARDE, SALVADOR,  SÁBADO, 27 DE ABRIL DE 1974

GALERIA OVELHA NEGRA FAZ EXPOSIÇÃO


Com sessenta e um quadros de pintores estreantes foi inaugurada recentemente a Galeria Ovelha Negra, localizada na Ladeira de Santana,4, criada pela Associação Baiana de Ciência e Arte. A nova galeria tem por finalidade dar chance de projeção nos meios artísticos a novos pintores cujos trabalhos não tinham acesso ao público por falta de local onde pudessem ser exibidos. A ideia é boa e original. É preciso no entanto que seus dirigentes tenham o cuidado para não confundir estreantes com maus pintores. Não adianta dar chances e insistir em divulgar trabalhos de baixo nível artístico, pautado na visão de que não tiveram chance. Muitos não tiveram e não devem ter chances porque seriam maus artistas.Os quadros ali expostos variam de preços.
Os dirigentes de Galeria Ovelha Negra estão preocupados com o consumo da arte, daí os preços accessíveis que pude observar.
Outro aspecto que pretendo levantar é que os idealizadores da Galeria Ovelha Negra estão pecando com a agressividade. A começar pelo cartaz que pretendia divulgar os trabalhos desses jovens. "O dogmatismo em apresentarem-se como os salvadores das Artes Plásticas na Bahia, aqueles que estariam fora de panelinhas, isto é verdade. Basta dizer que para  fundar uma galeria foi necessário a institucionalização de uma panelinha de alguns pintores para que a mesma tornasse realidade." Agora uma coisa é certa, as nossas galerias cobram preços astronômicos dos profissionais da pintura para expor seus trabalhos. Mas vamos fazer força para que os carneiros e ovelhas negras, revezem suas posições e produzam obras de valor artístico.

ARTE COLONIAL

Uma série de revistas sobre a arte religiosa do período colonial no Nordeste do Brasil, incluindo exemplos de arquitetura, entalhamento em madeira; mobiliário, trabalhos de cantaria, azulejos e figuras de barro cozido acaba de ser lançado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura mais conhecida por Unesco, em Paris.O lançamento foi um sucesso total porque a publicação reúne basicamente obras dos séculos XVI e XVII entre igrejas, conventos e palácios do Salvador, Olinda e Recife.

OSVALDO BORBA

O pintor Osvaldo Borba está expondo seus trabalhos no Museu de Arte de Pampulha, em Belo Horizonte sob o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, informação, Turismo e Esportes e embaixada da Argentina.

AQUARELAS

O artista Tino Oliveira está expondo algumas de suas aquarelas na Galeria Panorama.Além de ser pintor é um incentivador das Artes Plásticas tendo na qualidade de Secretário de Expansão Cultural do Centro do Nordeste de Artes Plásticas organizado o 1º Salão dos Novos Artistas do Nordeste, no Teatro Castro Alves, em 1971.

Organizou outros salões em Feira de Santana. Mas, é de seus trabalhos que queremos falar. Sua pintura é espontânea e não existe uma preocupação em retratar o real. São alegorias em formas e situações saídas espontaneamente do seu ego criador. Tino Oliveira tem pouco tempo de pintura e com sua liberdade de expressão, tão comum nos jovens artistas ele terá muito que fazer.