quinta-feira, 21 de maio de 2015

TOUSSAINT MUFRAGGI, ARTISTA FRANCÊS EM SALVADOR

A partir hoje,  dia 21, o pintor  Toussaint Mufraggi  estará expondo  25 pinturas em óleo sobre tela na Darzé Galeria de Arte, na Vitória. O artista francês Toussaint Mufraggi nasceu e vive na Córsega, inicia a temporada de exposições 2015. Para o crítico italiano Guido Curto,  nesta pintura estão “elementos das paisagens da sua Terra, solitária, dura, cheia de vento e belíssima. A parte preponderante da exposição é constituída pelos quadros do ciclo Memória, que são 17 telas criadas em 2014, nos quais o fundo branco é “poupado” e como uma folha cândida de papel se transforma na base sobre a qual se estendem pinceladas intensas, vibrantes, radicalmente abstratas. Abstratas no sentido etimológico de uma abstração que extrai formas essenciais da Natureza”.
Diz ainda  que num de seus quadros mais grandiosos e emblemáticos na mostra se intitula Terra mea  "o olhar do artista se estende entre céu e mar, na direção dos horizontes distantes e indefinidos com duas grandes obras dedicadas a Viaggi impossibili e a l’Enlevement d’Europe. "

Toussaint Mufraggi inicia  a prática do desenho e pintura no início da década de 70. Devido à falta de estrutura no ensino de artes em Córsega, estuda os grandes mestres e suas obras de arte presentes nos documentos disponíveis em sua terra natal. O artista, sem ter vontade nem necessidade de estudar no exterior, escolhe ficar em Córsega, onde todas suas criações foram feitas. No início, seu trabalho usa a representação figurativa de forma expressionista, tentando traduzir, através de paisagens e cenas bucólicas, os sentimentos e memórias de sua infância, acontecimentos em sua maioria na área de Villanova. Sua infância tem muita importância para ele, pois viveu lá os últimos momentos do estilo de vida agropastoril, baseado nas tradições do século 19, que o tocaram profundamente. Desse período, ele traz um gosto pela liberdade, pelo papel do mistério, dos sons, cheiros, pela comunhão entre o homem e a beleza selvagem da natureza, pela vida simples, pela ligação com os valores essenciais e com sua terra. E traduz esta sua fascinação através de pinturas coloridas, expressivas e líricas. Toussaint Mufraggi nasceu em 7 de fevereiro de 1948 em Ajaccio, Córsega, França. Sua obra está em coleções públicas e privadas internacionais - Estados Unidos, Espanha, Países Baixos, Alemanha, Itália, Suécia e Brasil.
 “A minha terra é, sempre, o sujeito eterno da minha inspiração. Porque se eu devo me exprimir com sinceridade, devo falar e escrever ou pintar temas nos quais eu estou totalmente imerso. Resta o fato de que eu vivo e trabalho no vilarejo de Villanova. Do meu atelier, todos os dias posso admirar o cenário eterno onde os meus antepassados passaram suas vidas trabalhosas, e onde faço uma pintura que aspira à própria eternidade. Meu desenvolvimento cultural ao longo dos anos me guiou, naturalmente, na direção do estudo de uma estética e de um mundo de ideias típicas do coração do Mare Nostrum (nosso mar: assim os antigos romanos denominavam o Mediterrâneo): a filosofia, a arte e o pensamento místico e, principalmente, o cenário de um mundo em que o Espírito se destrincha no meu espaço e a pintura participa de certo modo a ilustrar a perenidade dos mitos fundadores. De qualquer maneira, pinto com a sensação de ainda viver as vibrações que a terra me transmite e que percebo desde a minha infância, e minha pintura pode dar memória àquilo que passou ou desapareceu”, afirma Mufraggi.